Esportes, Cultura e Lazer

PROJETOS PRINCIPAIS

Ciranda de Brincadeiras (2010)

Promovida pela Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da cidade de São Paulo durante o Mês da Criança, trouxe intervenções em dezoito locais diferentes. Utilizando o Batuta como promotor de atividades, consistiu em:

  • A partir da utilização de um veículo adaptado, levar diversão a vários lugares (brinquedotecas do Programa Ludicidade), proporcionando momentos que valorizam o lúdico, o convívio e a cultura infantil, direcionando o olhar da sociedade para o direito do brincar e diminuindo a exposição da criança aos riscos sociais;
  • Ser acompanhado por uma equipe treinada para desenvolver e dar suporte para as atividades e animação. Aqui, foram realizados prioritariamente brincadeiras e jogos tradicionais;
  • Permitir, por meio da oferta de um ambiente lúdico e estimulante, que os participantes possam adentrar o mundo da fantasia, vivenciando momentos de prazer e de exploração do imaginário.

Clube Escola / Brincando no Parque Esportivo do Trabalhador (2011)

Executado aos finais de semana no Clube Escola Parque Esportivo do Trabalhador (PET), trata-se de um projeto voltado a oferecer diversão, momentos de prazer e convivência familiar e comunitária. Para a criança, em especial, ofereceu o universo lúdico, despertando-a para a fantasia, para o brincar e para a importância dessa vivência em seu desenvolvimento. Estimulou nos participantes a criatividade e socialização, ao mesmo tempo que despertou valores de solidariedade, civilidade e respeito pelo ambiente coletivo de uso público, baseado nos seguintes compromissos:

  • Levar diversão, de forma a proporcionar momentos que valorizam o lúdico, o convívio e a cultura da infância, direcionando o olhar da sociedade para o direito do brincar e diminuindo a exposição da criança aos riscos sociais;
  • Ser acompanhado por uma equipe treinada para desenvolver e dar suporte para as atividades. Nessa proposta, há a realização de oficinas, brincadeiras, jogos tradicionais, estímulo lúdico para a criação, artes, leitura e apresentações, além da presença de estruturas infláveis;
  • Propiciar, por meio da oferta de um ambiente lúdico e estimulante, que os participantes possam adentrar o mundo da fantasia, vivenciando momentos de prazer e de exploração do imaginário.

Ruas de Brincar na Virada Esportiva (2011)

Trata-se de uma estratégia da SEME que possibilitou o lazer em variados pontos e regiões de São Paulo. A Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da cidade promoveu uma série de eventos, no dia 18 de setembro de 2011, em uma idealização do Programa Ruas de Lazer, no qual o Ato Cidadão atuou como promotor de atividades.

O projeto, em consonância com o Programa Ruas de Brincar da SEME, levou diversão e uma série de atividades a dois pontos da cidade: as regiões do Capão Redondo (Zona Sul) e Cidade Tiradentes (Zona Leste).  A ação proporcionou momentos que valorizam o lúdico, o convívio e a cultura da infância, direcionando o olhar da sociedade para o direito ao lazer e sua fundamental importância para uma melhor qualidade de vida.

Ruas de Brincar na Primavera (2011)

Projeto que criou uma estratégia para possibilitar o lazer de qualidade para as regiões mais carentes da cidade. Durante o período da primavera, a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da cidade de São Paulo promoveu uma série de eventos em diversas regiões, em todos os domingos entre setembro e novembro, nos quais o Ato Cidadão utilizou também o Batuta como uma das atividades.

A partir da utilização de uma ampla gama de ofertas, levou-se diversão para vários lugares: regiões Sé (Cracolândia), Perus, Brasilândia-Freguesia, M’Boi Mirim e Campo Limpo. O projeto proporcionou momentos que valorizam o lúdico, o convívio e a cultura da infância, direcionando o olhar da sociedade para o direito do brincar e diminuindo a exposição da criança aos riscos sociais. Houve o acompanhamento de uma equipe treinada para desenvolver e dar suporte para as atividades e animação.