Criança é Central

O Ato Cidadão fundamenta suas ações no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ou seja, na proteção integral da criança e do adolescente exercendo seus direitos e garantias.

Dentro do campo legislativo, entende-se que a vulnerabilidade da criança é algo a ser severamente combatida. Isso fez com que os legisladores preconizassem que a prioridade dos investimentos sociais deveria ser destinada a esse público por meio de políticas públicas.

No entanto, avaliamos que esses direitos básicos à infância, elencados na lei, não são devidamente cumpridos pelo poder público. Logo, para reverter esse quadro, criamos o projeto Criança É Central. Seu objetivo é proporcionar aos pequenos um local para brincar, socializar e se desenvolver plenamente livres da violência e outros riscos sociais.

A linha de atuação do projeto se desenvolve por meio de ações fundamentadas em algumas vertentes de atuação estratégicas:

  • Mobilização, sensibilização e participação das famílias;
  • Articulação e advocacy com organizações, redes e poderes Executivo e Legislativo;
  • Criação de espaços favorecedores do brincar;
  • Atividades lúdicas para as crianças, desenvolvidas em atendimento direto em cortiços, ocupações, ruas e praças públicas, espaços de organizações parceiras (como escolas de samba e centros comunitários) e espaços privados (por meio de parcerias com empresas).

O Criança É Central consolida um movimento pela erradicação da violência, no qual os direitos da criança prevaleçam e sejam contemplados no planejamento de políticas públicas, garantindo seu pleno desenvolvimento.

Atualmente, essa linha de atuação é aplicada na região central de São Paulo, na qual encontram-se crianças em situações devastadoramente vulneráveis, enfrentando risco social crítico e vivendo uma situação de profunda desigualdade quando comparadas com os indicadores dos bairros nobres em seu entorno.